Na Próxima, Acerto no Coração

0

Este filme tem uma sinopse interessante, que me deixou muito a fim de assisti-lo. Ao final, contudo, pude constatar que o que ele tem de melhor, de fato, é a sinopse e olha lá. Então, sem mais delongas, apresento-lhe a premissa de Na Próxima, Acerto no Coração:

Franck Neuhart (Guillaume Canet) é um serial killer que anda assolando uma região da França. Suas vítimas favoritas são mulheres jovens e atraentes. Ah, sim, ele também é um policial e, portanto, conhece todos os procedimentos de investigação e pode ficar de olho se seus colegas estão chegando perto de pegá-lo.

Tirando a ironia de que Franck é encarregado de apanhar a si mesmo (e em seu trabalho realmente age de acordo), não resta muita coisa de bom por aqui. Esse é um daqueles suspenses levados em banho maria, sem sal e devagar, sem nenhuma reviravolta ou emoção. Prefere, ao invés disso, focar na construção do personagem, o que também não é algo particularmente empolgante.

Pois apesar de estar infiltrado na força policial e do longa dar algumas pistas de seu estado psicológico (como as técnicas de punição que emprega em si mesmo), ele simplesmente não é um personagem bom o bastante para segurar um filme inteiro nas costas.

Na realidade, mesmo com tudo conspirando a seu favor, ele não é lá um serial killer muito competente. Para dizer a verdade, ele é até bastante descuidado e despreparado na hora de executar suas mortes. Parece que não aprendeu nada com o Dexter, que coisa!

A ambientação no final da década de 70, o fato de ser baseado numa história real (para quem curte esse tipo de coisa) e a fotografia em tons escuros, criando uma ambientação fria e úmida, conferem algum charme para a coisa, mas não o bastante para torná-la particularmente atraente para quem está atrás de um bom thriller.

É uma pena, pois Na Próxima, Acerto no Coração tinha uma premissa chamativa o bastante e um personagem com potencial para transformar a película numa boa história, mas acabou resultando apenas num suspense no máximo meia-boca e olhe lá. Melhor então procurar por algum programa mais satisfatório.