Marvel consegue me surpreender com algumas de suas escolhas de filmes. Faz sentido para você que a primeira super-heroína a estrelar seu próprio filme seja a Capitã Marvel, e não a Viúva Negra? Eu li gibis da Marvel por mais de 15 anos, e a única referência à personagem que me lembro de ter visto neste tempo foi o fato de a Vampira (aquela dos X-Men) ter absorvido as memórias e poderes da Carol Danvers, a identidade civil da personagem. Mas ok, eu também nunca tinha ouvido falar de Guardiões da Galáxia antes do filme, e acabou sendo legal. Esta é minha crítica Capitã Marvel.

CRÍTICA CAPITÃ MARVEL

Capitã Marvel, Delfos, Disney, Marvel, MCU, UCM, Crítica Capitã MarvelAqui temos de volta os Kree e, pela primeira vez no cinema, os Skrull. São duas raças alienígenas que estão em uma daquelas guerras eternas. Vers (a atriz com nome de queijo Brie Larson) faz parte dos soldados Kree, e segue as ordens de seus superiores sem questionar.

Este é o primeiro ato do filme, algo totalmente cósmico que chega a lembrar bastante um Guardiões da Galáxia menos pop. Admito que, como um fã de longa data da Marvel mais urbana, achei este início meio chatinho.

Felizmente, a coisa melhora muito quando a heroína cai na Terra. A partir daí, Capitã Marvel lembra bastante o primeiro filme do Thor . A boa notícia é que este é bem melhor.

Outra comparação que ficou na minha cabeça é com Capitão América: O Primeiro Vingador. Afinal, este também funciona como uma prequência para o Universo Cinematográfico da Marvel. Porém, a história acontece em tempos bem mais recentes, nos anos 90. Isso significa que temos personagens como Nick Fury (Samuel L. Jackson) e Agente Coulson (Clark Gregg) em versões mais jovens e com mais cabelo.

EU CHAMO MINHA MÃE DE FURY!

Esta acaba sendo a principal graça de Capitã Marvel. Embora sua história principal seja bastante independente do MCU como um todo, temos aqui uma S.H.I.E.L.D. em formação, ainda sem todo o poder e conhecimento que ela viria a adquirir.

Capitã Marvel, Delfos, Disney, Marvel, MCU, UCM, Crítica Capitã Marvel

Você deve lembrar que, em sua primeira aparição, em Homem de Ferro, Nick Fury fala para  o Tony Stark que ele não era o primeiro super-herói. Ficava subentendido que o próprio Fury já tinha vários supers no seu speed dial, mas até agora a gente não sabia de mais nenhum além do Capitão América, que até então ele não tinha conhecido. Pois é, até agora. Capitã Marvel mostra o primeiro encontro de Fury e seus colegas com humanos super-poderosos e com tecnologia alienígena.

Não que você precise de um grande repertório do MCU para saborear Capitã Marvel, mas sem dúvida o sabor será realçado se você tiver este conhecimento.

O filme também mantém o tradicional humor da Marvel no cinema, e é capaz de arrancar boas risadas. Curiosamente, o Fury que temos aqui é bem menos durão do que o que conhecemos, e poderia até ser considerado o alívio cômico.

EXPLOSIVO

Fãs de cenas de ação exageradas hão de encher os olhos na batalha final, que provavelmente é a mais absurda que o MCU já nos trouxe. Vou dizer, esta Capitã Marvel é tão absurdamente overpowered que eu diria que o Thanos estaria mais seguro se, ao invés de matar metade do universo, ele simplesmente tivesse raptado a filha do Liam Neeson.

Capitã Marvel, Delfos, Disney, Marvel, MCU, UCM, Crítica Capitã Marvel

Eu não sou um grande fã deste tipo de super-herói que beira a divindade, mas se tem uma coisa que parece certa é que a porradaria vai ser épica em Vingadores: Ultimato.

Capitã Marvel não é o melhor filme da Marvel, mas funciona como uma diversão semi-independente, que ao mesmo tempo serve para dar mais informações sobre o MCU como um todo.

LEIA NOSSAS RESENHAS DO UNIVERSO CINEMATOGRÁFICO MARVEL:

Homem de Ferro – Onde tudo começou.

Homem de Ferro 2 – Agora com ainda mais Tony Stark.

O Incrível Hulk – Até por favelas cariocas o gigante esmeralda passou.

Thor – E não é que o deus do trovão é meio fanfarrão?

Capitão América: O Primeiro Vingador – Apresentando a última peça que faltava na fase 1.

Os Vingadores – The Avengers – O filme de super-heróis mais esperado da história.

O Hulk de Ang Lee – Não faz parte da história, mas, ei, é o Hulk!

Homem de Ferro 3 – Has he lost his mind? Can he see or is he blind?

Thor: O Mundo Sombrio – A fanfarronice está de volta.

–  Capitão América 2: O Soldado Invernal – O Sentinela da Liberdade está de volta. E dessa vez é pessoal.

Guardiões da Galáxia – Somos como o Kevin Bacon.

Vingadores: Era de Ultron – Toninho Stark e seus superamigos estão de volta.

Homem-Formiga – Encerrando a fase 2 da Marvel no cinema.

Capitão América: Guerra Civil – De que lado você está?

Doutor Estranho – O Mago Supremo da Terra faz sua estreia no MCU.

Homem-Aranha: De Volta ao Lar – Eu acho que o Hulk deve ser cheiroso.

Thor: Ragnarok – É o Hulk numa banheira.

Pantera Negra – Cultura é mais importante do que raça.

Vingadores: Guerra Infinita – 10 anos, 18 filmes, seis joias!

O Homem-Formiga e a Vespa – “Vou te chamar de Ant-onio Banderas.”