Enquanto Somos Jovens

0

Particularmente, eu gosto das chamadas histórias geracionais, que retratam o que pensam e sentem determinados grupos de uma certa idade. Para minha surpresa, Enquanto Somos Jovens não é uma típica comédia bobinha do Ben Stiller, mas uma dramédia que trata justamente das diferenças entre gerações.

Stiller e Naomi Watts são um casal quarentão sem filhos. Como todos os seus amigos da mesma idade já têm seus pimpolhos e preferem programas que girem em torno dos pequenos, eles se sentem deslocados. Daí, quando eles fazem amizade com um jovem casal de hipsters descolados (Adam Driver e Amanda Seyfried), eles parecem ter achado seu lugar, ainda que o truta do casal mais jovem pareça ter um interesse maior do que a mera amizade deles.

Taí um filme bem divertido, recheado de diálogos espertos sobre as diferenças entre gerações, sobre o comportamento e idiossincrasias dos jovens de hoje em dia e sobre como, se você não se encaixa no padrão, você vira praticamente um ser alienígena aos olhos de seus pares.

É interessante notar como a amizade entre os casais, apesar da diferença de idade, é bem orgânica, muito em parte pela apropriação da galera mais nova de coisas das antigas. O casalzinho descolado escuta discos de vinil, usa máquinas de escrever, se diverte com jogos de tabuleiro e por aí vai.

Por outro lado, a galerinha mais velha também vai se identificar com situações onde se percebe que a velhice está chegando. É bem engraçada a cena em que o personagem de Ben Stiller descobre que está com artrite, por exemplo. Eu, que já estou com alguns cabelos brancos pipocando pela cabeça, me identifiquei com essa parte.

No geral é aquele tipo de comédia que não provoca risadas, e sim sorrisos. E suas partes dramáticas também são tratadas de forma leve e sem grandes conflitos, dependendo muito da identificação do espectador para funcionar, ou que ao menos ele tenha alguma simpatia pelo tema retratado.

Não é algo espetacular, e nem mesmo muito marcante, mas foi simpático o suficiente para que eu o considere um degrau acima de um reles filme nada. Dentro dos longas protagonizados pelo Ben Stiller, é um dos mais legais que vi recentemente. E se você, como eu, gosta desse tipo de história, vale a pena dar uma conferida, ainda que não necessariamente numa sala de cinema.

CURIOSIDADE:

Adam Horovitz, que interpreta o amigo da idade do personagem do Ben Stiller, é mais conhecido como um dos Beastie Boys. Assim, me despeço dessa resenha com a edificante mensagem do trio de que você tem de lutar pelo seu direito de farrear:

REVER GERAL
Nota
Artigo anteriorLugares Escuros
Próximo artigoMinha Querida Dama
Formado em cinema (FAAP) e jornalismo (PUC-SP), também é escritor com um romance publicado (Espaços Desabitados, 2010) e muitos outros na gaveta esperando pela luz do dia. Além disso, trabalha com audiovisual. Adora filmes, HQs, livros e rock da vertente mais alternativa. Está no DELFOS desde 2005.