Atirador

0

Press-releases são algo engraçado. É visível que todos são traduções dos originais estadunidenses, mas mesmo assim chega a ser algo tão distante da realidade que a única reação que permitem é o riso. Saca só esse trecho do release de Atirador: “Bob Lee Swagger é um personagem americano fenomenal, que nos faz lembrar de heróis do cinema como John Wayne e outros personagens clássicos do Velho Oeste. (…) Swagger é um desses homens extremamente talentosos, dedicados e inacreditavelmente corajosos que o cinema nunca retratou da forma certa, apesar de o usarem o tempo todo”. Viu a contradição? Primeiro o cara é o herói clássico do cinema, depois ele é um personagem sempre usado, mas nunca bem aproveitado. Desnecessário dizer que não foi dessa vez.

O rapper Marky Mark, mais conhecido hoje como Mark Wahlberg, faz o tal de Bob Lee Swagger, um tremendão do exército estadunidense que é retirado de sua aposentadoria precoce para planejar o assassinato do presidente. Logo, ele descobre que está envolto em uma conspiração e que é o principal suspeito de ter dado o tiro. Pois é, pois é, pois é, é praticamente esse ou esse filme. Na verdade, é praticamente qualquer filme de ação que existe por aí. A diferença é que, ao invés de matar a esposa do protagonista ou algo assim, aqui eles matam o cachorro dele. Big Mistake!

Atirador não é um filme ruim, de forma alguma. Ele é simplesmente genérico ao extremo. Você já o assistiu um monte de vezes, só que com outros nomes e com histórias e personagens bem mais legais e mais desenvolvidos. Agora se você quiser assistir de novo, vai fundo. Pelo menos ele tem várias explosões.

Galeria

REVER GERAL
Nota
Artigo anteriorDeu a Louca em Hollywood
Próximo artigoNúmero 23
Editor-chefe e editor de games. Fundou o DELFOS em 2004 e habita mais frequentemente as seções de cinema, games e música. Trabalha com a palavra escrita e com fotografia. Já teve seus artigos publicados em veículos como o Kotaku Brasil e a Mundo Estranho Games. Formado em jornalismo (PUC-SP) e publicidade (ESPM).