Não deixa de ser curioso que Perfeita é a Mãe 2 esteja estreando apenas algumas semanas após Pai em Dose Dupla 2. Não só porque ambos os filmes possuem temática natalina, mas também porque o enredo é exatamente o mesmo, apenas trocando os sexos.

Se em um tínhamos os pais vindo passar o Natal (e causar) com seus respectivos filhos, neste aqui são as mães das três mulheres que decidem passar o Natal com suas pimpolhas. E claro, vão criar altas confusões para a trinca de amigas.

Afinal, a mãe de Amy (Mila Kunis) é super-controladora e crítica, daquelas que nada que a filha faz está bom. Já a mamis de Kiki (Kristen Bell) é do tipo chiclete, que não desgruda da cria por nada e possui sérios problemas com limites. Já a mãezoca de Carla (Kathryn Hahn) é a porra-louca que aparece e some da vida da filha com igual facilidade.

Assim, cada uma delas terá de trabalhar em seus problemas com sua respectiva mama, especialmente Amy, que quer apenas passar um Natal tranquilo e low profile com sua família, o que vai contra os planos de sua mãe.

Delfos, Perfeita é a Mãe 2, Cartaz

Bom, temos aqui uma típica comédia natalina com situações padrão, e algumas outras piadinhas que parecem vir do primeiro filme e continuam nesta segunda parte. Não há nada de original, ou particularmente hilário. Embora haja alguns momentos que arrancam risadas.

E, claro, há as típicas piadas e situações estereotipadas envolvendo mães que já foram usadas à exaustão e aqui novamente são utilizadas. Particularmente, nunca vi graça nesse tipo de humor. Mas se você curte e ainda não se cansou disso, tem bastante dele por aqui.

No mais, até que não é ruim, embora também não seja exatamente bom. Mesmo não tendo nada novo, como disse, algumas das piadinhas até arrancam risadas e o clima geral é simpático e inofensivo. Não fiquei entediado no cinema, o que já é um bônus.

Enfim, Perfeita é a Mãe 2 é uma comédia manjada, mas que funciona em alguns momentos. Um perfeito filme nada. Não é algo para ver no cinema, mas para a televisão, na época das festas de fim de ano, já cai melhor.

REVER GERAL
Nota
PONTUAÇÃO GERAL

Vire assinante do Delfos!

Temos planos a partir de R$1,00 mensal e você pode ganhar um monte de coisa legal. Mais importante, você ajuda a gente a tornar o DELFOS cada vez maior e melhor.


Clique aqui e acesso a nossa ágina no Padrim


Se você gosta do nosso conteúdo, também pode ajudar sem colocar a mão no bolso compartilhando este post nas suas redes sociais através dos botões abaixo.

COMPARTILHAR
Artigo anteriorSplasher: gruda, quica e gruda de novo
Próximo artigoExtraordinário mostra como ser diferente é difícil
Carlos Cyrino
Formado em cinema (FAAP) e jornalismo (PUC-SP), também é escritor com um romance publicado (Espaços Desabitados, 2010) e muitos outros na gaveta esperando pela luz do dia. Além disso, trabalha com audiovisual. Adora filmes, HQs, livros e rock da vertente mais alternativa. Está no DELFOS desde 2005.