Velozes e Furiosos 4

0

Quando assisti à terceira parte da série Velozes e Furiosos, me surpreendi bastante com um filme deveras divertido. Aliás, a resenha supralinkada tem até alguns parágrafos onde eu divago sobre a relação expectativa X opinião final.

O problema aqui foi justamente o oposto. Ao gostar da terceira parte e, tendo posteriormente assistido e me divertido bastante com o primeiro, as expectativas para esta quarta parte subiram bastante. Até porque o terceiro é quase um spin-off com personagens diferentes e tudo. Aqui, como o próprio trailer alardeia, as peças são originais.

Isso significa que estão de volta o casal de casais do primeiro filme, Paul Walker & Jordana Brewster e Vin Diesel & Michelle Rodriguez. É até estranho, aliás, que esta última seja anunciada como parte do elenco principal, já que ela só aparece nos primeiros 10 minutos.

Acontece que é justamente a morte da Michelle o gatilho para juntar novamente o policial Paulo que Anda e o irmão mais velho do Vun Totalflex. Agora cabe a eles se infiltrar na gangue do assassino em busca de vingança e justiça.

O filme começa bem. A primeira cena, aliás, é extremamente hell, yeah, bitch! O problema é que, a partir daí, as coisas só ficam piores. O roteiro, por exemplo, é muito ruim. Cheio de buracos e com um monte de coisas sem sentido acontecendo, parece ter sido escrito com a única desculpa de colocar cenas de ação pintudas na tela.

O problema é que nem tem tanta ação assim. Quando tem, é legal, mas faltam corridas e explosões. Se o roteiro é só o meio e não o fim, tem história demais aqui. E é uma história mal escrita e mal contada. O clima também é diferente, tem muito mais um jeitão de Policial/Investigação do que aquela cara de Need for Speed dos anteriores, manja? Poxa, só existe uma única cena de corrida – o que, para um filme desses, é muito pouco.

Não, Velozes e Furiosos 4 não é uma porcaria, pois as poucas cenas de ação acabam elevando sua nota. Está mais para um filme nada do que para uma bomba. O chato é que ele poderia ser tão mais legal. Afinal, convenhamos, se um filme tem mulheres bonitas, carros velozes e explosões a rodo, já é praticamente um jogo ganho. E, mesmo assim, este perdeu.

Curiosidades:

– O personagem Han, do terceiro filme, aparece aqui. E, olhando no IMDB, constatei que ele também aparece num tal de Better Luck Tomorrow, do mesmo diretor de Velozes e Furiosos 3 e 4.

– O título original deste longa é Fast & Furious. Do primeiro é The Fast & The Furious. Será que não confunde? Devo admitir que essa é a primeira vez que vejo uma obra cujo título nacional é mais apropriado do que o original.

Galeria

REVER GERAL
Nota
Artigo anteriorDead Rising 2 vai ter zumbis para dedéu
Próximo artigoPROMOÇÃO: Filme Rezek
Editor-chefe e editor de games. Fundou o DELFOS em 2004 e habita mais frequentemente as seções de cinema, games e música. Trabalha com a palavra escrita e com fotografia. Já teve seus artigos publicados em veículos como o Kotaku Brasil e a Mundo Estranho Games. Formado em jornalismo (PUC-SP) e publicidade (ESPM).