Acredita que eu nunca assisti a nenhum Jumanji? Nem o de 1995 com o Robin Williams, nem o de 2017 com o Jack Black. Nem mesmo ao desenho animado de 1996. Admito que isso se deve à mais profunda falta de interesse. Convenhamos que o Jack Black e o Robin Williams fizeram muito mais porcaria do que coisa boa. Assim, acabou que eu só fui assistir a algo da série para escrever esta crítica Jumanji Próxima Fase.

CRÍTICA JUMANJI PRÓXIMA FASE

Crítica Jumanji Próxima Fase, Jumanji, Dwayne Johnson, Karen Gillan, Delfos
Os protagonistas esperando ansiosamente para ler minha crítica.

Imagine minha surpresa quando percebi que o filme em questão é, secretamente, maior legal. Se atores muitas vezes servem de chamariz para um longa, este é um caso que foram justamente os atores que me afastaram. E agora fico pensando se os anteriores são tão legais quanto este.

Jumanji: Próxima Fase é uma comédia de aventura com uma história bobinha, mas recheada de boas gargalhadas. Por um motivo imbecil, Spencer, um dos moleques do filme anterior decide entrar novamente no videogame que dá nome ao filme. Ao descobrir que seu amigo é um idiota, o resto da turma resolve entrar para salvá-lo.

A principal – e melhor – piada é que eles não escolheram seus avatars. E acabou que o avô de Spencer (Danny DeVito) e um amigo (Danny Glover), ambos velhinhos, acabam sendo puxados de bicão para o jogo. Assim, durante boa parte da projeção, vemos Dwayne JohnsonKevin Hart interpretando, respectivamente, o DeVito e o Glover. E, meu amigo, o filme já me ganhou aí.

Crítica Jumanji Próxima Fase, Jumanji, Dwayne Johnson, Karen Gillan, DelfosE digo isso mesmo com o filme mostrando alguma falta de conhecimento em relação a games. Faz muito tempo que uma heroína de videogame não se veste como a Karen Gillan neste filme, e ele chega ao ponto de traduzir cutscene como “cena de corte”.

VELHINHOS DIVERTIDOS

Provavelmente você tem alguma história para contar de alguma dificuldade monumental que passou para comunicar algo para um avô ou outra pessoa de idade. E, por favor, conte esta história nos comentários. Eu vou contar a minha no próximo parágrafo.

Eu tinha ido viajar, quando um amigo me avisou que eu estava online há dias na PSN. Liguei para casa e minha querida tia Victória tinha aproveitado minha ausência para passar um pano no videogame. Que, obviamente, ligou. Daí eu passei uns 15 minutos tentando explicar para ela como desligar o PS3. Parece super banal, mas se você já viu o PS3, sabe que seus botões não são botões, mas superfícies de toque. Assim, eu precisei descrever para a minha tia o símbolo no qual ela deveria colocar o dedo e ficar sem se mexer durante alguns segundos até o bagulho desligar.

Fico pensando quão difícil seria pedir para uma vovó fazer algo que a gente faz todo dia, tipo “ligar o computador e abrir o Photoshop”. Para eles, isso tudo é deveras abstrato. Agora tenta explicar para sua querida avó que vocês entraram em um videogame, ela virou um sujeito musculoso e tem três vidas. Boa sorte!

JUMANJIA CHE TE FA BENE

Crítica Jumanji Próxima Fase, Jumanji, Dwayne Johnson, Karen Gillan, Delfos

Este é o tipo de aventura que funciona muito bem no cinema. É um excelente filme para ver com os amigos em um sábado à tarde. Inclusive, as interpretações de JohnsonHart merecem elogios.

Ambos me lembraram o eterno tremendão Leslie Nielsen, pelo fato de que interpretam papéis extremamente bobos com uma seriedade e intensidade digna de Oscar. E isso é muito engraçado, e grande parte do motivo pelo qual Leslie Nielsen era o cara mais engraçado do mundo. É bom ver que ainda tem gente atuando da mesma forma em 2020, ainda que aquele estilo de humor, que eu chamo de nonsense divertido, esteja praticamente morto hoje em dia.

Jumanji: Próxima Fase é a rara continuação que, embora desnecessária, consegue reacender o interesse na série por parte do público. E, por público, entenda eu. Será que eu acho os outros Jumanji na Netflix ou vou precisar reservar um voo para a Argentina?