Sky Force Anniversary

0

Sky Force é uma série de jogos de navinha que fez bastante sucesso nos celulares. Este Sky Force Anniversary é uma versão paga lançada para PC e consoles de Sky Force 2014, que originalmente era free to play.

Eu adoro jogos de navinha, motivo pelo qual fui salivando colocar minhas mãos cheias de dedos (aposto que eu tenho mais dedos que você! =P) nele. E gostei muito do que joguei. Em parte. Porque em outra parte, ele trouxe dos celulares e dos free to play tudo que gamers de console odeiam. Vamos começar falando do que tem de bom.

A jogabilidade é simples e agradável. Basicamente, você fica segurando o X para atirar o tempo todo, enquanto move seu aviãozinho embaixo dos desafetos para causar explosões. Você e eu gostamos de explosões. Tem também alguns humanos para serem salvos, e para fazer isso, basta você posicionar seu aviãozinho em cima dele por alguns segundos.

Há vários upgrades que são comprados com as estrelinhas que você pega nas fases. E aí entra o primeiro grande problema: seu avião começa totalmente underpowered, obrigando você a jogar várias vezes o primeiro estágio até ter comprado melhorias suficientes.

É um esquema semelhante ao de Dungeon Punks, que exige paciência e faz com que a progressão seja bem lenta.

Isso é um problema, mas é mais perdoável do que o que realmente prejudica Sky Force. Cada fase traz quatro desafios, que rendem medalhas: destrua 70% dos inimigos, destrua 100% dos inimigos, não seja atingido e salve todos os humanos. Parece o tipo de coisa que está lá para aumentar a dificuldade e criar desafios opcionais, e aí que mora o perigo. Não são desafios opcionais. Para destravar as fases, você precisa de um número especifico de medalhas, técnica bem comum nos jogos free-to-play de celulares que a maioria de nós odeia.

Cada fase possibilita quatro medalhas. São nove fases no jogo. Para você entrar na nona fase, são necessárias 35 medalhas. E se você conseguir as quatro medalhas nas oito primeiras fases, só vai ter 32. Como você consegue as outras? Pois então, apenas quando você juntar todas as quatro medalhas de uma fase, vai liberar uma versão mais difícil da mesma fase, onde pode conquistar quatro outras medalhas. Conquiste estas quatro e uma versão ainda mais difícil será liberada, com suas próprias medalhas.

Duas das medalhas, a de 70% dos inimigos e a de salvar a galera vêm naturalmente, mas não ser atingido e fazer a limpa geral são realmente muito difíceis, especialmente jogando sozinho – e o jogo não tem coop online.

As coisas ficam bem melhores e mais fáceis jogando com alguém, mas como só dá para jogar com um amigo que está na mesma sala, limita bastante o apelo e as possibilidades.

Desta forma, Sky Force Anniversary é um jogo muito legal, mas com um funcionamento que prejudica sobremaneira sua diversão. A graça de fazer cada uma das fases explodindo tudo perde muito do apelo quando você está jogando a mesma fase pela oitava ou nona vez torcendo para não ser atingido e, via de regra, levando um tiro no chefe.

É uma pena que, ao investir nos consoles, a Infinite Dreams não se adaptou ao que se espera de um jogo de console. Se rolasse um patch que permitisse jogar uma fase depois da outra, a nota seria bem superior (provavelmente por volta de quatro Alfredos), mas do jeito que está, fica difícil dar mais de 2,5.

Galeria