Assine a feed desta seção!
Assine os comentários do site
Siga o Delfos no Twitter!

Título original: The Haunting in Connecticut
País de origem: EUA
Ano: 2009
Gênero: Terror
Duração: 103 minutos
Distribuidora: Imagem
Direção: Peter Cornwell
Elenco: Virginia Madsen, Kyle Gallner, Amanda Crew, Martin Donovan e Elias Koteas.
Nota:



Evocando Espíritos

Publicado em 15/4/2009 às 00:00


O que eu fiz para merecer isso? Responda-me, amigo delfonauta! Será possível que eu seja uma pessoa assim tão má para ficar sendo constantemente submetido a porcaria atrás de porcaria? Se existe algum tipo de justiça no mundo, isso só pode acontecer comigo por causa de alguma maldade extrema que fiz nesta ou em outra vida. Será meu trabalho subversivo com o DELFOS? Será o fato de eu ter criado um dragão vermelho fofinho, traindo, assim, o movimento nerd que dizia que todo dragão vermelho deve ser grande e malvado? Não pode ser por causa dos meus saudáveis hábitos de sacrifícios de bodes ou de misturar mulheres com alimentos, pode? Não, não há nada de errado com isso...

Então por que diabos eu continuo sofrendo tanto ao assistir a esses lixos que sonham em ser terror? O mundo ainda não está cansado de moleques que vêem dead people? E essas dead people não estão cansadas de ficarem se exibindo para os moleques? Cacilda, você está morto, livre dos limites da matéria e, mesmo assim, os fantasmas decidem usar seu tempo para ficar desfilando na frente de um moleque? Ah, vai ouvir Pagode! Pois Evocando Espíritos traz exatamente isso. Com direito ao velhinho mentor que aparece na metade do filme e aquela mesma trilha sonora cheia de violinos dissonantes que aparecem apenas durante dois segundos quando um vulto passa em frente à câmera.

Assusta? Não, nem um pouco. Afinal, assim como o humor, um bom susto só funciona se houver surpresa. E a trilha sonora de Evocando Espíritos é daquelas que avisa que algum vulto vai aparecer logo vários segundos antes do dito-cujo gritar “alô, mamãe!”. Assim, quando ele faz “pop”, a única reação que arranca é de risos. E, definitivamente, esse não é um daqueles filmes de “terror” intencionalmente engraçados. Ele tenta assustar, mas é tudo tão óbvio e tão imbecil que você acaba rindo.

Se eu não tivesse uma obrigação profissional, sem dúvida teria saído antes da sua projeção se encerrar. Caramba, seus longos 103 minutos pareceram durar mais do que toda minha infância. E olha que eu fiz um monte de coisa na primavera da minha vida.

Preciso dizer se eu recomendo? Acredito que não, então termino este texto com uma pergunta: algum delfonauta tem interesse nesse tipo de filme? Pois se ninguém assiste, não vejo porque continuar me submetendo a tamanha tortura psicológica semana após semana. A não ser que o amigo delfonauta seja especialmente sádico. E, nesse caso, não é assim tão amigo. =P

Leia mais sobre Terror.






  
 
Comentário de Blackwood, em 18/4/2009, às 22:53
ja pelo nome e da onde vem saquei que era mais um filme que tenta te assustar, assustador mesmo é vc ser 'condenado' a ver esse tipo de filme neh Corrales? xD
Comentário de lobo.mau, em 17/4/2009, às 11:47
FILME DE TERROR SÓ JAPONES MESMO.
OBS: PSICOPATA ELES NÃO? RSRS MAIS SAO OS MELHORES.
Comentário de Morrse, em 17/4/2009, às 11:29
A melhor "tirada do Corrales" de todas. E essa foi com um bom humor inconfundível!
Comentário de Thiago.A, em 17/4/2009, às 09:36
Bah corrales, sou completamente a favor da parcialidade do delfos, acredito que é muito importante para a identidade e faz o publico se identificar com o site.

Mas você peca muito em grande parte das vezes que não gosta de algum filme, esquecendo completamente de descrever a história e coisas que normalmente se faz em uma resenha. Acredito que deveriam se concentrar nessa parte também.
Eu vi o filme no cinema e gostaria de saber melhor do que se trata, porque sabia que era um filme baseado em uma história real por exemplo, mas era só, gostaria de mais e infelizmente terei que me dirigir a outro site para entender melhor (de novo) ao invés de ficar aqui pelo delfos.

A parcialidade é legal, demonstra opinião, mas o seu exageiro é prejudicial.
Fica a dica.

(Resposta: Thiago, a história está descrita aí, no segundo parágrafo, como sempre. Trata de um moleque que vê pessoas mortas e na metade do filme ele encontra um mentor que explica porque tudo está acontecendo e dá sugestões de como resolver. Até lá, tem um monte de vulto passando em frente à câmera junto com sons dissonantes de violino. Se parece pouco, a culpa não é minha, é do roteirista. Ora pois, culpar o jornalista pela falta de história de um filme é o cúmulo! =P)
Comentário de Dark Panda, em 16/4/2009, às 17:01
Ah, cara! Na minha humilde opinião o Delfos é um site parcial e a gente gosta da parcialidade do Delfos. Eu gosto de filmes de terror mas venho ao Delfos ver a opinião de vocês, pois tem valido muito a pena. Então acredito que vocês devem resenhar os filmes que acham que valem a pena.
Todos os comentários

20/4/2017 - Paixão Obsessiva
19/4/2017 - Gostosas, Lindas e Sexies
18/4/2017 - Vida
12/4/2017 - Velozes e Furiosos 8
6/4/2017 - Despedida em Grande Estilo
5/4/2017 - Os Smurfs e a Vila Perdida
4/4/2017 - Cães Selvagens
30/3/2017 - A Vigilante do Amanhã: Ghost in the Shell
29/3/2017 - O Poderoso Chefinho
24/3/2017 - T2 Trainspotting
23/3/2017 - Fragmentado
22/3/2017 - Power Rangers
16/3/2017 - Tinha Que Ser Ele?
15/3/2017 - A Bela e a Fera
13/3/2017 - Ghost in the Shell - A animação original
9/3/2017 - Paro Quando Quero
9/3/2017 - Fome de Poder
8/3/2017 - Kong: A Ilha da Caveira
7/3/2017 - Negação
7/3/2017 - Silêncio
1234567... 77


· Busca Avançada

Login
Senha
Lembrar de mim:
Ainda não é cadastrado?
Então clica aqui!









Copyright © Delfos 2004 - .