Assine a feed desta seção!
Assine os comentários do site
Siga o Delfos no Twitter!

Plataformas: PS4, Xbox One e PC
Versão analisada: PS4
Desenvolvedora: Grip Digital
Editora: Right Nice Games e Grip Digital
Ano: 19 de maio de 2017
Gênero: Plataforma 3D
Nota:



7 motivos para jogar Skylar & Plux: Adventure On Clover Island

Publicado em 23/5/2017 às 00:00


Regozijem-se, fãs dos deliciosos plataformas dos anos 90. Poucas semanas atrás, tivemos o lançamento de Yooka-Laylee, que resgatava a vibe de clássicos como Super Mario 64. Na última sexta-feira, outro joguinho do gênero chegou às lojas, e ele tem um charme todo especial, mas de certa forma compartilhado com o jogo do lagartinho. Aqui estão sete motivos para você jogar esta nova aventura.

7 - DELICIOSAMENTE OLD-SCHOOL, MAS NÃO É UM COLETATON

Yooka-Laylee é focado na coleta de páginas. Este é mais tradicional. Seu objetivo é chegar ao final da fase, e simplesmente fazer isso avança a história. Sim, há colecionáveis, na forma de criaturinhas a serem libertadas. Liberte uma certa quantidade delas e você ganha um coração de saúde extra. Obviamente, há um troféu para salvar todas, mas isso não é necessário para progredir no jogo.

O design das fases é seu grande forte. Explore, pule de plataforma em plataforma e solucione alguns puzzles. De vez em quando, dê porradas em inimigos fofinhos. O timing é excelente, tornando tudo um grande parque de diversões, como um bom game deve ser.

6 - MÚSICA E VISUAL SÃO DEVERAS APRAZÍVEIS

Ok, os personagens não são tão carismáticos quanto os de Yooka-Laylee e as atuações não são especialmente boas, mas é tudo tão vibrante e colorido que torna o jogo um prazer de se olhar. E, especialmente, de se ouvir.

As músicas são simplesmente belíssimas, com lindas levadas de violão ou de piano, que dão o tom sossegado e divertido para a exploração family-friendly e bem humorada do jogo. É o tipo de música que funciona tão bem durante a jogatina quanto para ouvir com fones de ouvido enquanto estiver morgando.

5 - QUEM TEM TOC PODE REVISITAR AS FASES

Se você é como eu, nada incomoda mais do que ver que você liberou 8/10 bichinhos em uma fase. Pois há teleportes espalhados pela ilha, que possibilitam que você se transporte instantaneamente para diversas locações dentro das fases para continuar sua busca. Isso é totalmente opcional, mas lembre-se, você será recompensado com upgrades de saúde e, se pegar todos, com um troféu.

4 - CHECKPOINTS SIMPÁTICOS

Os checkpoints de Skylar & Plux são muito carismáticos. Na verdade são apenas uns postes, mas quando você ativa um deles, eles fazem um barulhinho de festa e soltam confete. É muito bonitinho, e impossível não soltar um sorriso.

3 - SABOR INDIE

Comparado com Yooka-Laylee, Skylar & Plux tem um orçamento claramente menor. Há certas arestas técnicas, como casos em que o corpo da protagonista fica enterrado no cenário, mas é o tipo de caso em que uma boa ideia supera a falta de dinheiro. É óbvio que não estamos diante de um blockbuster, mas todo o design é tão bom que torna o jogo inteiro um prazer.

2 - O GÊNERO MAIS CLÁSSICO DOS GAMES

Quando as pessoas pensam em videogames, elas pensam naqueles jogos que são basicamente minigames, estilo Pac-Man, ou elas pensam justamente nos clássicos plataformas estilo Super Mario Bros. Skylar & Plux é um pouco mais moderno, pois é um plataforma 3D, mas ainda assim faz parte deste gênero tão clássico e tão querido por gamers de todas as idades.

1 - É CURTINHO

Tem jogo que tenta se estender mais do que deveria. Não é o caso aqui. Há poucas fases, e a aventura inteira dura pouco mais de três horas. A questão é que ele é bom o tempo inteiro. Conforme as pessoas ficam mais velhas, e têm menos tempo para jogar, acaba sendo cada vez mais importante que os jogos respeitem seu tempo, e coloquem o máximo de diversão no maior tempo possível. Esta foi a filosofia da turminha da Grip Digital. Como um romance de praia, a chama de Skylar & Plux vai queimar forte e brilhante. Por pouco tempo, mas será inesquecível.

Leia mais sobre Skylar & Plux, Grip Digital, Right Nice Games, Plataforma, PS4, Xbox One, PC.






     
     
  
 

27/6/2017 - Arizona Sunshine leva o apocalipse zumbi para a VR
26/6/2017 - Oh…Sir!! The Insult Simulator rende umas boas gargalhadas
23/6/2017 - Nex Machina combina diversão, estilo e desafio
19/6/2017 - Perception deixa você com os poderes do Demolidor
13/6/2017 - Star Trek: Bridge Crew coloca o jogador no comando da Enterprise
12/6/2017 - Injustice 2 mistura luta com RPG
6/6/2017 - Randall é um jogo com o nome do seu protagonista
5/6/2017 - Sniper Ghost Warrior 3 se rende ao mundo aberto
2/6/2017 - Embers of Mirrim: luz, trevas e alavancas analógicas
29/5/2017 - Rime quer ser um novo Ico
26/5/2017 - Prey: quando a presa é você
23/5/2017 - Deliriant
23/5/2017 - 7 motivos para jogar Skylar & Plux: Adventure On Clover Island
22/5/2017 - Shadow Warrior 2 virou um RPG!
19/5/2017 - Outlast 2 é um retrocesso
16/5/2017 - The Surge é uma cópia de Dark Souls sem cuidado com o design
9/5/2017 - Guardians of the Galaxy da Telltale segue um caminho surpreendente
2/5/2017 - Full Throttle Remastered
1/5/2017 - Little Nightmares
21/4/2017 - Blackwood Crossing
1234567... 20


· Busca Avançada

Login
Senha
Lembrar de mim:
Ainda não é cadastrado?
Então clica aqui!









Copyright © Delfos 2004 - .