Assine a feed desta seção!
Assine os comentários do site
Siga o Delfos no Twitter!

Artista: Anita Latina
Título: Anita Latina
Ano: 2016
Número de Faixas: 8
Gênero: Prog / Rock / Música brasileira
Gravadora: Alternative Music, Voice Music
Nota:



Anita Latina é uma mistureba só

Publicado em 25/4/2017 às 00:01


É comum a gente receber CDs aqui no Oráculo de bandas que a gente não conhece. Assim, na hora de escolhermos quem vai resenhar o quê, podemos usar os mais variados critérios. Podemos nos basear nas capas, em uma rápida pesquisa na internet ou, no caso deste Anita Latina, no nome.

Pois é, eu achei o nome da banda tão estranho, inusitado e, cá entre nós, ruim mesmo, que eu precisava ouvir a música que ele continha. Se eu visse o CD em uma loja, provavelmente pensaria que se tratava do álbum de uma cantora funk. Porém, cantoras funk não costumam mandar seus discos para o DELFOS, então sabia que era bem mais provável se tratar de um trabalho de rock.

O trabalho da banda pode ser definido como rock progressivo, mas eles colocam muitos elementos de outros estilos de música, em especial de música tradicional brasileira. Não à toa, duas das faixas do CD são cantadas em português.

Eu gosto de rock misturado com música brasileira, mas admito que após a primeira audição, não fiquei nem um pouco empolgado com o som do Anita Latina. Quando eu pego um CD para resenhar, costumo deixar tocando no repeat enquanto trabalho durante vários dias, mas neste caso, devo dizer que a música chegava a me incomodar e eu tive dificuldades de deixar o CD tocando direto.

Obviamente, eu insisti. Preciso escrever sobre ele, afinal de contas. E quanto mais eu ouvia o disco, mais eu gostava dele. Isso, aliás, é inclusive uma característica comum no rock progressivo.

A música que mais me marcou foi Baião, talvez a que melhor demonstra a influência de sons brasileiros no som da banda. E é também uma das duas a ser cantada em português. Ouve só.

A outra música cantada em português já tem um nome menos tupiniquim: Nullius In Verba. Essas são as músicas mais marcantes do disco, até porque desenvolvem melhor a mistureba que caracteriza a banda.

Uma coisa que não me agradou na banda foi o timbre do vocal. Apesar de o estilo da banda ser puxado para o progressivo, a voz lembra bastante bandas como o Raimundos, o que definitivamente não é o tipo de som que me agrada, e soa bem estranho nas músicas cantadas em inglês. Zomia, por exemplo, é uma faixa instrumental que acabou me agradando até pelo fato de ser instrumental. Ela é também bem progressiva, cheia de mudanças de tempo e partes “estranhas”.

Ao longo das semanas que passei ouvindo este álbum autointitulado do Anita Latina quase ininterruptamente, ele subiu no meu conceito. Comecei não gostando dele, mas depois passei a admirá-lo por ser único e criativo.

Para ser sincero, ele não chegou a me empolgar em nenhum momento. Não me peguei cantando as músicas ou algo do tipo, até porque elas não são compostas para serem pegajosas. Também não acho que vou ouvir este disco com frequência uma vez que encerre os trabalhos nesta resenha, mas ainda assim passei a curtir seu som característico enquanto ele tocava no meu aparelho de som. Se a proposta de um rock progressivo com influências brasileiras lhe apetece, você provavelmente vai gostar.

Leia mais sobre Anita Latina, Nacional, Rock, Progressivo, MS Metal Records.




 

28/4/2017 - Eduardo Lira – The First Concept Project
25/4/2017 - Anita Latina é uma mistureba só
10/2/2017 - Lusferus - Desolation's Theme
10/1/2017 - Jorn Lande & Trond Holter – Dracula: Swing of Death
13/12/2016 - The Gentle Storm – The Diary
18/11/2016 - Maestrick - The Trick Side of Some Songs
5/8/2016 - Silver Mammoth – Mindlomania
1/8/2016 - Sunrunner – Heliodromus
7/7/2016 - Degola - Tormenta
4/7/2016 - DesbraVa – A Cidade Pulsa
13/6/2016 - Supersonic Brewer – 3rd Chapter: One More Binge
9/6/2016 - Edu Falaschi – Moonlight
6/6/2016 - Pagan Throne - Swords of Blood
3/6/2016 - Weezer – Weezer (White Album)
8/4/2016 - Machinaria - Sacred Revolutions / Profane Revelations
31/3/2016 - The Cross - Flames Through Priests
25/3/2016 - Tropa de Shock – Inside The Madness
11/2/2016 - Nympho – Not That Innocent
7/1/2016 - Ghost B.C. – Meliora
30/12/2015 - Opeth – Pale Communion
1234567... 17


· Busca Avançada

Login
Senha
Lembrar de mim:
Ainda não é cadastrado?
Então clica aqui!









Copyright © Delfos 2004 - .