Assine a feed desta seção!
Assine os comentários do site
Siga o Delfos no Twitter!

Título original: Dune Messiah
País de origem: EUA
Ano: 1969 (EUA) / 2012 (Brasil)
Autor: Frank Herbert
Editora: Aleph
Número de Páginas: 216
Nota:



Messias de Duna

Publicado em 23/1/2014 às 00:01

Texto por Carlos Cyrino

Como já fiz uma boa introdução ao universo de Duna na resenha do primeiro livro, desta vez vou direto ao ponto. Neste segundo romance das Crônicas de Duna, doze anos se passaram desde os eventos do final do primeiro tomo. Paul Atreides agora é o governante do chamado Imperium, e os fremen se espalharam pela galáxia levando seus ensinamentos, e também suas crenças religiosas, um ponto de discórdia entre os dissidentes.

Contudo, Paul, sua família e seus aliados, terão de enfrentar uma conspiração por parte dos perdedores do conflito do primeiro livro, os quais almejam retomar o poder do qual tiveram de abrir mão.

Em comparação com Duna, este romance é muito mais enxuto. Não só pelo número de páginas (menos da metade do primeiro), mas também em sua narrativa. Os termos e expressões estranhos estão muito mais orgânicos e naturais, visto que você já teve um livro inteiro para se familiarizar e se acostumar com eles.

Frank Herbert também enxugou bastante o número de personagens neste volume, limitando-se apenas aos essenciais para o andamento da história. Muitos personagens importantes da trama anterior aqui não encontraram seu espaço e sequer aparecem. Alguns deles ganham apenas uma menção aqui e ali e olhe lá. Torna a leitura mais rápida, sem dúvida, mas é um tanto estranha sua ausência, dada sua já referida importância no passado.

Gurney Halleck talvez seja o melhor exemplo disso. O autor sequer revela se ele está vivo ou morto. E, no entanto, outro personagem com uma participação até pequena em Duna e cuja história já estava fechada, aqui retorna com um importante papel, sendo talvez a grande surpresa desta narrativa. Bom, talvez todos esses personagens negligenciados voltem a dar as caras nos livros posteriores. É esperar para ver.

Outro elemento que também ganha uma grande importância nesta história é o aspecto religioso. Paul é tratado por seu povo como um messias, assim justificando o título do livro. A Jihad (ou Guerra Santa) feita em seu nome, a qual tanto o incomodava desde que ele previu seu acontecimento pela primeira vez, aqui está a pleno vapor e o deixa ainda mais descontente. É o lado ruim de seu governo e sobre o qual ele não tem controle.

Também é uma das principais justificativas para as ações de seus inimigos e não se pode dizer que eles estão errados em combater isso, ainda que, no fundo, o que eles queiram realmente seja o mesmo de sempre: poder e dinheiro, representados pela especiaria mélange, o produto mais valioso da galáxia e controlado pelo clã Atreides.

No geral, contudo, a trama é inferior ao primeiro, e não há tantos acontecimentos como em seu predecessor. Ainda é um bom livro, mas o anterior possuía muito mais predicados. Ainda assim, Messias de Duna continua sendo uma boa leitura e deixa muitas possibilidades (bem como atiça a curiosidade) para os próximos volumes das crônicas. Para quem gostou de Duna, leitura recomendada.

Leia mais sobre Duna, Frank Herbert, Ficção científica, Sci Fi, Clássicos.




 
Comentário de Patesi, em 1/2/2014, às 12:45
Bacana a crítica.

Aproveitando o ensejo, me respondam uma coisa, por favor. É possível ler apenas o primeiro livro (DUNA) ou em seu final há uma abertura clara para este segundo volume? As tramas são independentes?

Saudações

6/2/2017 - Evangelho de Sangue
1/11/2016 - Meninos em Fúria
19/8/2016 - Achados e Perdidos
3/5/2016 - Mr. Mercedes
8/1/2016 - Armada
3/11/2015 - Superman: Terra Um Volume Dois
2/11/2015 - A Zona Morta
22/10/2015 - Querido e Devotado Dexter
13/10/2015 - Shazam! & A Sociedade dos Monstros
27/7/2015 - Os Livros da Magia
13/7/2015 - Sobre a Escrita
4/6/2015 - Maus, a história de um sobrevivente
22/5/2015 - O Mago de Naminaroth e a Fênix
18/5/2015 - A Dança dos Dragões: As Crônicas de Gelo e Fogo – Livro Cinco
15/5/2015 - O Festim dos Corvos: As Crônicas de Gelo e Fogo – Livro Quatro
24/2/2015 - Consumidos
13/1/2015 - Vilania Eterna
16/12/2014 - Homens Difíceis
8/12/2014 - Doutor Sono
30/10/2014 - Dexter – A Mão Esquerda de Deus
1234567... 9


· Busca Avançada

Login
Senha
Lembrar de mim:
Ainda não é cadastrado?
Então clica aqui!









Copyright © Delfos 2004 - .